Novas lideranças mudam forma de fazer política no PSDB

O secretário geral do PSDB, em Curitiba, Edson Lau Filho, disse nesta quinta-feira, 20, que as lideranças do partido trouxeram formas inovadoras de comunicação nas redes sociais, mas que isto não impõe o distanciamento das ruas e o diálogo mais próximo com a população sobre as principais demandas da sociedade. “Hoje o contato é mais dinâmico e direto com o uso comum das redes sociais”, disse Lau Filho.“A gente observa novos nomes surgindo como o caso do Beto Richa, no Paraná, do Marchezan (Nelson) prefeito de Porto Alegre, e do prefeito de São Paulo, João Doria, o melhor exemplo de todos, que trazem consigo a inovação até mesmo na forma de se comunicar, de como eles tratam as redes sociais”, disse Edson Lau.

Na opinião de Lau, a distância dos quadros mais tradicionais do partido às demandas da população afasta, entretanto, a legenda da realidade do dia-a-dia das pessoas. “Já o PSDB como instituição tem que, isso é uma leitura que eu faço, voltar principalmente aos seus princípios fundamentais”, disse.

Segundo Lau, “a carta de 1988, o manifesto de 88 que fundou o PSDB, fala que o PSDB é um partido que surgiu na oposição e que deve estar longe das benesses oficiais do poder e mais perto das demandas das ruas”.

“Acho que o PSDB tem que fazer esta inflexão. O PSDB tem que estar discutindo com a população quais são os problemas das cidades”, disse, destacando ainda que “muitas vezes, os líderes tradicionais, que estão lá em Brasília, não estão próximos a esta discussão, não estão próximos do que é discutido nas ruas. Os prefeitos, os vereadores e até mesmo os governadores têm uma proximidade maior com a população”.

PSDB Curitiba – Para contrapor este cenário de distanciamento, Edson Lau citou o trabalho desenvolvido no PSDB de Curitiba. “Usando o exemplo do PSDB de Curitiba, temos um projeto nas zonais da cidade. Nelas, promovemos debates entre si, os debates que a cidade precisa e os debates nacionais que influenciam do dia-a-dia das pessoas”.

A partir da aproximação com a sociedade, Edson Lau destaca a importância da comunicação política e ideológica. “E agora, como que nós vamos nos comunicar com a população sobre isso? Acho que esta inflexão que tem que ser feita”, disse. E completou: “O que a população está dizendo dentro dos ônibus? O que a população está dizendo nas ruas, nas filas dos bancos? Ir onde a população está”.

Segundo Lau, este tem sido o principal projeto desenvolvido pelo PSDB em Curitiba. “Estamos renascendo com este trabalho em Curitiba através do Eduardo Pimentel, que é o nosso presidente, a gente propôs o trabalho para ele de inflexão do PSDB neste sentido. Está sendo muito bom, muito produtivo”.

fonte: http://www.bocamaldita.com/1119847582/novas-liderancas-mudam-forma-de-fazer-politica-no-psdb-diz-edson-lau-filho/

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.

Site Footer