Lugar de mulher é onde ela quiser

O papel e a importância da participação da mulher na política foi tema de uma das live de destaque que aconteceu na noite dessa quinta-feira (09). Filiadas ao PSDB, Shéridan Oliveira, deputada federal pelo estado de Roraima e pré-candidata do partido a prefeita de Boa Vista, e Amanda Gimenez, empresária e pré-candidata a vereadora de Curitiba, participaram do encontro #CuritibaInivísvel promovido pelo também tucano, Edson Lau, que é pré-candidato a prefeito da capital paranaense.

O objetivo do encontro foi abrir o espaço para que mulheres fortes e de destaque pudessem falar sobre o papel delas na política, as dificuldades e obstáculos que elas precisam superar todos os dias para conquistar lugar e igualdade nas discussões políticas locais e nacionais. “A participação da mulher na política é muito recente, elas só foram ter o direito ao voto em 1932, quando foi publicada uma nova Constituição. A gente vive em um país de mais de 500 anos, uma República recente, apesar da longa história política, e com pouca participação da mulher”, disse Lau.

Ele ainda trouxe alguns dados da realidade atual da participação feminina no cenário político curitibano, paranaense e nacional. Na Câmara de Curitiba dos 38 vereadores, apenas oito são mulheres, já na Assembleia Legislativa do Paraná são apenas cinco mulheres do total de 54 deputados. No cenário nacional a proporção segue desigual: a bancada do Paraná conta com 30 deputados, sendo cinco mulheres, a bancada do PSDB, uma das que tem maior participação feminina, conta com nove mulheres dos 31 deputados. No Senado são 81 senadores sendo 11 mulheres e apenas uma do PSDB.

Para a deputada Séridan, a história de conquistas de direitos e garantias das mulheres é feita por pessoas que enfrentaram o patriarcado e é uma luta que deveria ser de todos, homens e mulheres. “Tudo o que a gente conquista na esfera do parlamento, embora muito importantes em nenhum momento se sobrepõem a responsabilidade social que nós mulheres temos de trazer mais mulheres para a política. Esse convencimento e responsabilização não é dada por ferramentas artificiais como uma lei no papel, é preciso coragem para sair da zona de conforto”, disse.

Amanda compartilhou que nunca tinha se envolvido com a política ou a intensão de disputar um cargo eletivo porque nunca tinha se interessado ou encontrado pessoas, principalmente mulheres que pudessem inspira-la nesse ambiente. “Eu via situações que me preocupavam e comecei a estudar política e entender porque não me sentia representada e como funcionava a política. Mas quando você começa a estudar você descobre que tem jeito, que tem como mudar. É um caminho longo e árduo ainda mais para mulheres, mas acredito que ninguém pode falar pela gente. Quero que esse meu caminho seja válido e inspire as mulheres a buscarem informação e lutar pelo o que querem”, disse.

Shéridan destaca a importância de encontrar o seu próprio propósito e servir como exemplo para outras pessoas e, principalmente, mulheres. “Em todos os ambientes a gente pode ser inspiração e ter a oportunidade de inspirar, apoiar, incentivar alguém. Minha responsabilidade não é só de atuar e fazer a boa política, mas de formar novos quadros para a política, eu não estarei nesse meio para sempre”, conta. “Você pode ser o que você quiser ser, pode chegar onde quiser. O lugar da mulher é onde ela quiser, o importante é a gente ter a consciência de que ninguém pode calar a nossa voz e ninguém tem propriedade para falar sobre as nossas causas que nós mesmas”, encoraja a deputada.

Para Lau é importante agir para mudar o que não se concorda. “A gente não muda a história como expectador, a gente muda a história com ação. O Brasil está em uma encruzilhada histórica que vai exigir de toda a sociedade ação de verdade para que a gente possa superar esse momento que é um dos mais críticos da nossa história”, disse.

A gravação da live e tudo o que foi discutido pelas participantes está disponível na Rede Social de Edson Lau:https://www.facebook.com/EdsonLauOficial

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.

Site Footer